Eventos realizados

ABAF participa da e-Agro em Vitória da Conquista

A Associação Baiana de Empresas de Base Florestal (Abaf) participou da e-Agro com estande e palestra setor na Bahia e o Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS), voltado para educação ambiental em diversas comunidades rurais. A feira aconteceu de 8 a 10/11 em Vitória da Conquista (BA).

A região do sudoeste da Bahia já conta com cerca de 40 produtores de eucalipto, os quais possuem mais de 34 mil hectares de área plantada. Desse total, metade está em fase de colheita e sendo comercializada em parte para a empresa Veracel Celulose, uma das gigantes do setor e que tem sede em Eunápolis, extremo sul baiano.

As informações são da Associação de Silvicultores do Sudoeste da Bahia (Assosil) e foram divulgadas nesta sexta-feira (8) durante a e-Agro, feira de inovação e tecnologia voltada para o agronegócio que segue até este domingo no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista.

No sudoeste baiano, a Assosil é filiada à Associação Baiana de Empresas de Base Florestal (Abaf), que também nesta sexta-feira apresentou na e-Agro outros dados sobre o setor na Bahia e o Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS), voltado para educação ambiental em diversas comunidades rurais.

Membro da Assosil em Vitória da Conquista, o produtor rural e médico pediatra Raimundo Rocha Neto atua com os plantios de eucalipto há 15 anos, em duas propriedades rurais em Vitória da Conquista e Planalto, as quais somadas dão mais de 4 mil hectares. Ele atua também com a pecuária de corte – tem 780 cabeças de gado.

Recentemente, após intermediação da Abaf, Rocha Neto conseguiu negociar com a empresa Veracel Celulose a compra de pés de eucalipto que estão no ponto de corte (de seis a sete anos) para produção de celulose. Outros produtores da região também já fizeram o mesmo, e a tendência é negociações do tipo cada vez mais aumentarem.

“Já vendi madeira para serrarias, lojas de construção civil, empresas de fabricação de cerâmicas, madeira para tratamento e essa é a primeira vez que consigo fazer negócios com uma empresa do porte da Veracel”, ele disse, informando em seguida que empresas de fabricação de móveis também têm buscado muito madeira de eucalipto.

Diretor executivo da Abaf, Wilson Andrade, que esteve presente na e-Agro para a realização de uma palestra, disse que a silvicultura oferece grandes oportunidades de geração de renda, sobretudo porque pode ser desenvolvida em paralelo com outras atividades, como a cafeicultura ou a pecuária, dentre outros.

“A plantação de eucalipto proporciona rendas adicionais em cada momento. Temos conversado com associações, sindicatos e empresas de toda a Bahia sobre isso, mostrando que temos condições de atender às necessidades de cada região, inclusive com informações sobre as tecnologias adequadas”, disse Andrade. 

Ao abordar sobre o Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS), Andrade destacou que ele possui várias frentes de atuação, como o Uso Múltiplo da Floresta Plantada; a Regulamentação Ambiental das Propriedades Rurais (Código Florestal/ CAR/ Cefir); a Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF)/Plano ABC; a Preservação dos Recursos Hídricos; a Prevenção e Controle de Incêndios Florestais; o Controle de Gado nas Áreas de Preservação; o Combate ao Carvão Ilegal; e o Programa Fitossanitário de Pragas.

“A divulgação de importantes tópicos para a diversificação e sustentabilidade da atividade agropecuária é um dos principais objetivos da Abaf. A Bahia ainda não produz (e processa) a madeira plantada suficiente para atender a demanda do estado e muito disso se dá pela falta de conhecimento sobre o setor”, afirma Andrade.

“Trabalhamos também para a inclusão dos pequenos e médios produtores e processadores de madeira para uso múltiplo, visando o atendimento da demanda por móveis, peças e partes de madeira na Bahia, hoje atendida, na sua maior parte, por outros estados brasileiros; além de geração de energia”, completou.

Na e-Agro, já considerada como a maior feira de inovação agropecuária da Bahia e que tem como missão aproximar os produtores do campo dos geradores de inovação e tecnologia, a Abaf está com um stand ao lado do escritório da Copmac.