ABAF participa e apoia a realização do IV Fórum Bahia Econômica

O Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, realiza a conferência de abertura do IV Fórum Bahia Econômica que acontece em 20/11 no auditório do 3° andar da Casa do Comércio (Av. Tancredo Neves, 1109 – Pituba, Salvador – BA), das 8h30 às 17h30. A Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) participa e apoia a realização do evento que este ano traz o tema ‘O Brasil e a Bahia – Novo Ciclo de Crescimento Econômico e Governança: as novas formas de relacionamento entre o setor público e privado’. O fórum deve reunir cerca de 250 pessoas, especialmente lideranças empresariais e políticas.

“Estamos vivendo um momento de recuperação da economia nacional depois de três anos de crise e nós, empresários, temos que contribuir, temos que repensar nossas ações e investimentos e contribuir com um novo planejamento de desenvolvimento nacional a partir as nossas empresas, das entidades empresariais, das nossas regiões e do Brasil como um todo. Portanto, esse evento é de singular importância para esta fase e estaremos sendo informados pelo líder do comando do Governo que é o Ministro da Fazenda que, inclusive, já muito contribuiu na área privada como gestor de bancos nacionais e internacionais e como presidente do Banco Central do Brasil”, declarou o diretor executivo da ABAF, Wilson Andrade.

O Portal Bahia Econômica realiza o Fórum Bahia Econômica, com o apoio das associações vinculadas ao comércio e a indústria, com o objetivo de reunir lideranças empresariais e discutir os rumos da economia baiana e brasileira. “É a primeira vez que Meirelles vem à Bahia desde que tomou posse do ministério e o evento é simbólico tendo dois objetivos principais. O primeiro é reunir as lideranças empresariais e políticas da Bahia para discutir com a principal autoridade econômica do governo as perspectivas econômicas do país em 2018. O segundo é dar início a um movimento para recolocar a Bahia – maior economia do Nordeste e sétimo maior PIB do país – na mesa das discussões sobre o futuro do Brasil, retomando o seu papel de estado líder do Norte e Nordeste”, explica Armando Avena.

Além do Ministro da Fazenda, está confirmada a presença do CEO da Vinci Airports Brasil, empresa francesa que administra o Aeroporto internacional de Salvador, José Luís Menghini; do Diretor de Crédito do BNDES, Carlos Alexandre da Costa, que falará sobre o apoio do banco às empresas baianas e nordestinas, de secretários de Estado e outros palestrantes.

O evento conta com o apoio da ABAF – Associação Baiana das Empresas de Base Florestal, da Federação do Comércio, Bens Serviços e Turismo do Estado da Bahia – Fecomércio-BA, da ACB – Associação Comercial da Bahia, da FCDL – Federação dos Clubes de Diretores Lojistas, da CDL – Clube de Diretores Lojistas de Salvador, do governo do Estado e da Prefeitura de Salvador. As inscrições para o IV Fórum Bahia Econômica podem ser feitas no site www.bahiaeconomica.com.br.

A ABAF e o setor de base florestal

 A indústria de base florestal usa a madeira como matéria-prima, com destaque para a produção de celulose, celulose solúvel, papel, ferro liga, madeira tratada, carvão vegetal e lenha para o processamento de grãos. A madeira utilizada é plantada e é matéria-prima renovável, reciclável e amigável ao meio ambiente, à biodiversidade e à vida humana.  A ABAF representa as empresas de base florestal do estado, assim como os seus fornecedores, e tem como meta primeira contribuir para que o setor que representa se desenvolva sobre bases sustentáveis. Atualmente tem como associados: Aepes, Aiba, Aspex, Assosil, BSC, Caravelas Florestas, ERB, Ferbasa, Fibria, Floryl, JSL, Komatsu, Papaiz, Ponsse, Proden, Sineflor, Stora Enso, Suzano, Veracel e 2Tree.