GESTÃO DA ÁGUA NO SETOR DE FLORESTAS CULTIVADAS

O consumo e disponibilidade de água no planeta é do interesse de todos nós. Usamos água diversas vezes por dia e é impossível viver sem ela. Nas grandes cidades, nos processos industriais modernos e no campo, a água é fundamental.

O setor de árvores cultivadas está em alerta para esta questão há muito tempo.

No Brasil, são aproximadamente nove milhões de hectares com florestas plantadas e outros seis milhões de hectares de áreas preservadas e conservadas onde estão nascentes, rios, lagos, lagoas e outros corpos e cursos d´água, que contribuem significativamente para abastecer nosso país.

As boas práticas do setor de base florestal cultivada vão desde as mudas, que viram floresta, até a fábrica e seu efluente. Este setor investe em tecnologia e ciência para viabilizar a economia circular, otimizando e promovendo o reuso da água nos seus diversos processos.

Desde 2014 a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) intensificou a discussão e passou a trabalhar abordagens estratégicas relacionadas ao tema. Todo esse trabalho culminou no lançamento do inédito Relatório de Desempenho Sobre Gestão da Água no Setor de Árvores Cultivadas, um compilado de 15 indicadores de desempenho corporativo, florestal e industrial, monitorados entre 2016 e 2019.

Com o título “Cuidar da Água É Cuidar do Futuro de Todos”, a Ibá lançará no dia 19 de março (sexta-feira), o documento que detalha o uso da água pelo setor de árvores cultivadas. O material traz um histórico de hidrologia florestal e gestão hídrica, depoimentos da academia, estudo de casos de 12 grandes empresas do setor, além de firmar compromissos para zelar por este recurso natural tão importante para todos nós: a água.

O evento será online e transmitido ao vivo pelo canal da Malinovski no YouTube, a partir das 10 horas e será dividido em dois painéis. O primeiro terá a abertura seguida de uma apresentação de Nathalia Granato, coordenadora de sustentabilidade e assuntos florestais da Ibá e diretora da Rede Mulher Florestal, sobre os principais resultados do relatório de desempenho; e finalizará com uma discussão de alto nível entre Cristiano Teixeira, diretor-geral da Klabin e Antonio Joaquim de Oliveira, presidente da Duratex.

O segundo painel, previsto para começar às 11 horas, será em formato de mesa redonda e moderado pelo CEO da Malinovski, Ricardo Malinovski. Com o tema: Promovendo a restauração e revitalização de bacias hidrográficas para segurança hídrica, contará com a participação de Luna Viana, assessora especial do Ministério do Desenvolvimento Regional – Programa Águas Brasileiras; Adriana Lagrotta Leles, diretora de Relações Institucionais e de Captação do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável; Rachel Biderman, vice-presidente para Américas de Conservação Internacional; e do diretor-executivo da Ibá, Embaixador José Carlos da Fonseca.

Link do canal da Malinovski no YouTube: https://www.youtube.com/malinovskioficial