PAFS participa do projeto “Plantando o Futuro” com a Escola Municipal Vila União

Alunos da Escola Municipal Vila União, da Comunidade de Vila União, Itamaraju (BA), estiveram presentes no projeto “Plantando o Futuro”, em 11/10, que o Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS) participou em comemoração ao dia da criança. Foram realizadas brincadeiras e muitas atividades recreativas, e os participantes receberam certificados de “amigo de meio ambiente”.  Além disso, o PAFS foi convidado a contribuir com uma palestra com a temática ambiental para embasar os alunos para o concurso de redação e desenho com o tema “Como posso contribuir com a preservação do Meio Ambiente?”. O projeto se deu por iniciativa do produtor rural e morador local Sr. João Clara que, em parceria com a Escola Municipal Vila União e diversos apoiadores como a Veracel Celulose e a revenda agropecuária Módulo Rural, realizou o evento. 


Foram mais de 100 crianças beneficiadas, além de participantes da comunidade de Vila União. Além do trabalho de educação ambiental, os participantes promoveram o plantio de mudas de espécies florestais nativas da Mata Atlântica, sendo que cada turma da escola ficará responsável, juntamente com seu respectivo professor (a), por cuidar  e acompanhar o crescimento das mudas. Cada criança recebeu um brinquedo e participou de brincadeiras, além de aproveitar o lanche que foi ofertado pelos demais apoiadores do projeto.

Este é mais uma trabalho de conscientização e mobilização da comunidade com atuação do PAFS – programa que a Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) mantém no Sul e Extremo Sul da Bahia desde 2016, com a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB). O PAFS vem trabalhando temas relativos à educação ambiental em diversas comunidades rurais: Uso Múltiplo da Floresta Plantada/Programa Mais Árvores Bahia; Regulamentação Ambiental das Propriedades Rurais (Código Florestal/ CAR/ Cefir); Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF)/Plano ABC; Preservação dos Recursos Hídricos; Prevenção e Controle de Incêndios Florestais; Controle de Gado nas Áreas de Preservação; Combate ao Carvão Ilegal; e Programa Fitossanitário de Pragas. 


Para isso foi elaborado um amplo programa de comunicação e foi montada e orientada uma equipe de três engenheiros (agrônomos e florestais) que vem trabalhando com uma estrutura formada por veículos, equipamentos audiovisuais, campanha publicitária e material informativo. Após intenso trabalho em quase quatro anos, o PAFS percorreu 243 mil quilômetros; realizou 200 treinamentos em aproximadamente 180 comunidades; instruiu e orientou cerca de 8 mil produtores rurais de frutas, eucalipto, café, entre outras culturas, da região e estudantes. O resultado tem sido muito positivo graças às parcerias feitas com o Governo do Estado, através da Seagri e ADAB; Sindicados Rurais da FAEB/Senar; Associação de Produtores de Café, Frutas, Pecuária; e Prefeituras, através de suas secretarias de agricultura e meio ambiente.