Veracel Celulose completa um ano sem acidentes com afastamento

Valorização da vida, respeitando às pessoas e cuidando uns dos outros. Com essa motivação, a Veracel Celulose acaba de completar um ano sem acidentes com afastamento. Este resultado evidencia o comprometimento e responsabilidade dos mais de três mil colaboradores que trabalham de forma segura e preventiva todos os dias. A segurança no trabalho se consolidou como parte da cultura e dos valores da empresa. Para o diretor presidente da empresa, Andreas Birmoser, a meta agora é sustentar os resultados já alcançados e melhorar os demais índices de trabalho seguro. “Vamos trabalhar arduamente para isso”, reforçou.

“Este resultado é fruto de um trabalho planejado e bem estruturado, que conta com envolvimento de todos: diretores, lideranças e colaboradores”, explicou o coordenador de Segurança do Trabalho da Veracel, Sérgio Monteiro. Nos últimos cinco anos, a empresa investiu em processos de melhoria contínua de ferramentas e do sistema de gestão, revendo as iniciativas que compunham sua estratégia de Segurança. Isso permitiu a melhoria gradual de seus índices e a evolução da sua cultura de prevenção de acidentes. De 32 acidentes com afastamento em 2012, a empresa chegou em 2018 com o seguro de zero acidente com afastamento. “Isso é motivo de grande orgulho para todos nós. Sabemos que estamos no caminho certo”, destacou o diretor Industrial, Ari Medeiros.

Melhoria gradual de resultados

A Veracel tem melhorado seus índices de Segurança gradualmente, saindo da Taxa de Frequência* de 1,67 em 2014 para zero nos últimos doze meses. O índice não só atende à meta audaciosa de 0,75 estipulada para 2018, como também coloca a Veracel como referência em nível mundial no setor. (*Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Taxa de Frequência representa o número de acidentes por milhão de horas-homem de exposição ao risco, em determinado período.)

A Taxa de Gravidade também caiu significativamente, na proporção do amadurecimento da gestão. O índice, que em 2015 atingiu o pico de 1737, foi reduzido para 59 em 2016 e, em 2017, ficou em apenas 4. Em 2018, até o mês de julho, esse índice também chegou a zero, evidenciando a evolução da forma de pensar e fazer acontecer as boas práticas em Segurança na empresa.

O avanço foi confirmado não só no dia a dia, mas também nas situações consideradas mais desafiadoras para a Segurança, como é o caso da Parada Geral, onde há um aumento no número de colaboradores contratados, trabalhos em altura e em espaço confinado. A última, realizada em outubro de 2017, foi classificada como a melhor da história. Pela primeira vez, as atividades foram concluídas sem o registro de nenhum acidente durante os dez dias de manutenção, inclusive nas áreas mais críticas.

Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT 2018)

De 13 a 17 de agosto, foi realizada a SIPAT da Veracel com o tema “Eu sou a cara da segurança”. O evento acontece todos anos e envolve todos os colaboradores da empresa. “Estamos afirmando que todos são a cara da segurança, todos devem ser exemplo no cuidado consigo mesmo e com o outro. A SIPAT é um momento para reafirmar nosso compromisso com o trabalho seguro”, sintetizou Sérgio Monteiro.