​FSC® lança primeira campanha publicitária no Brasil

unnamed (5)      unnamed (1)   unnamed (2)   unnamed (3)

Pela primeira vez desde que se estabeleceu no Brasil, o FSC vai falar diretamente com você. Ou melhor, com todos nós, consumidores finais. Desde o final de setembro (e durante 30 dias), nas estações Paraíso, Vila Madalena e Consolação do Metrô de São Paulo, uma nova campanha revelará em cartazes criativos e painéis dupla face que não é preciso abandonar a cidade grande e se embrenhar no mato para salvar a floresta. Cuidar das nossas matas é muito mais fácil do que isso!

O FSC, ou Conselho de Manejo Florestal, em português, é uma ONG internacional, que há mais de 20 anos promove o manejo florestal responsável ao redor do mundo por meio de um rigoroso sistema de boas práticas. Você fatalmente já viu por ai a árvore verde que identifica a marca, mas talvez não imagine o tanto de história que tem por trás dela. “E para contar tudo isso, já temos, inclusive, uma campanha maior em fase de captação de recursos”, diz Aline Tristão, diretora executiva do FSC Brasil. “Este é só o começo de uma longa e imprescindível conversa”, comenta. E, por fora, o papo rola também nas redes sociais.
Entre as empresas do setor florestal, a certificação FSC já é bastante conhecida. Para se ter uma ideia, dos quase 8 milhões de hectares de florestas plantadas no Brasil, mais de 5 milhões são certificados FSC. Mais de 90% dos fabricantes de papel e celulose que atuam no país apresentam certificação. Só que entre os consumidores finais, a marca ainda é uma incógnita.

Mas a partir de agora, deixará de ser. “O objetivo da comunicação é mostrar que você pode usar o selo FSC como uma ferramenta para agir verde”, diz Willer Velloso, diretor de planejamento da Giacometti, agência responsável pela campanha. Ao comprar um produto certificado FSC, tem-se a certeza, por exemplo, de que não houve desmatamento ilegal nem uso de trabalho escravo ou infantil; que o solo e a água não foram contaminados e que as comunidades do entorno foram respeitadas. “Quando as pessoas se dão conta disso, o selo passa a ter significado e importância e esse é um diferencial estratégico que agrega valor às marcas certificadas”, completa o publicitário.

Pode não parecer, mas produtos de origem florestal estão muito presentes no nosso dia a dia. São embalagens, jornais, revistas, lápis, móveis, objetos de decoração, pisos, alimentos, palha, cosméticos e até roupas. É preciso, cada vez mais, valorizar as qualidades ambientais e sociais de quem as têm. É comum alguém pagar mais por um carro com airbag lateral, mas nem tanto quando se trata de uma mesa de madeira certificada. E isso precisa mudar.

Ficha Técnica
Planejamento: Willer Velloso, Joyce Mescolotte e Ana Varga
Criação: Doriano Carneiro; Ricardo Miller; Rebecca Castro; Danilo Gonçalves e Rafael Parra
Mídia: David Martins; Angélica Fortes

&nbsp