Veracel apoia Diálogo do Uso do Solo na Bahia

A Veracel, outros representantes do setor produtivo, organizações da sociedade civil, governos, comunidades, instituições de ensino e pesquisa e povos indígenas participaram do evento Diálogo do Uso do Solo em sua etapa Diálogo de Campo de 8 a 10 de agosto, no corredor ecológico entre o Parque Nacional do Pau Brasil e a Estação Veracel. Com apoio da Veracel e do World Resources Institute (WRI) Brasil, o encontro foi uma realização do Fórum Florestal da Bahia, Diálogo Florestal e The Forests Dialogue.

Esta etapa em campo faz parte da iniciativa internacional Diálogo do Uso do Solo, liderada pelo The Forests Dialogue e, no Brasil, pelo Diálogo Florestal e seus Fóruns Florestais. O propósito do Diálogo de Uso do Solo é reunir conhecimentos e liderar processos que influenciam negócios responsáveis, melhoram a governança de territórios e promovem o desenvolvimento inclusivo em paisagens relevantes. O Diálogo do Uso do Solo (LUD) faz parte da iniciativa internacional Land Use Dialogue, do The Forests Dialogue, desenvolvida em diversos países e envolvendo inúmeras parcerias locais. Esse evento de campo deu sequência a uma etapa anterior chamada Diálogo de Escopo, que foi realizada em 2020.

“Esta etapa do Diálogo do Uso do Solo em campo é muito importante, pois envolve os diversos usos da terra no corredor ecológico entre a RPPN Estação Veracel e o Parque Nacional do Pau Brasil, analisando a paisagem e as melhores alternativas para conservação ambiental, em um verdadeiro planejamento. Isso com certeza irá colaborar para a manutenção dos serviços ecossistêmicos dessas duas unidades de conservação”, afirmou Virginia Londe de Camargos, coordenadora de Estratégia Ambiental e Gestão Integrada da Veracel.

“Este evento nos dá a oportunidade de vivenciar a realidade de quem tem a consciência de que produção e preservação precisam caminhar juntas. O LUD busca encontrar as soluções para que os desafios sejam superados e, mais importante, soluções que sejam desenvolvidas em conjunto e com a participação direta de quem vive os desafios”, explica Victoria Rizo, secretária executiva do Fórum Florestal da Bahia.

Durante o encontro, foram visitadas áreas relevantes na região, principalmente para tentar entender como as organizações que participam podem colaborar para o enfrentamento dos desafios.

A paisagem escolhida para o Diálogo do Uso do Solo na Bahia compreende uma área de 71.205 hectares, que é a Zona de Amortecimento do Parque Nacional do Pau Brasil e, juntamente com a Estação Veracel e seu entorno, abrange uma área de importância-chave para a conectividade de grandes remanescentes florestais de Mata Atlântica nos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, dentre os quais o Parque Nacional do Pau Brasil (19.000 ha), a RPPN Estação Veracel (6.069 ha) e outras RPPNs, além das Áreas de Preservação Permanente e Reservas Legais de propriedades rurais.

Resultados

Na sessão final do Diálogo de Campo, os participantes construíram uma visão compartilhada da paisagem para o horizonte de dez anos, definiram ações prioritárias, mapearam fontes de financiamento e compartilharam ações a serem realizadas para implementação da visão construída.

Sobre a Veracel Celulose       

A Veracel Celulose celebra 31 anos de atuação em 2022. Com a fábrica em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em mais 10 outros municípios da região. Responsável pela produção de 1,1 milhão de toneladas de celulose/ano, 100% da madeira de eucalipto utilizada no processo produtivo é certificada ou controlada em conformidade aos princípios e critérios de padrões normativos internacionais FSC e CERFLOR. Com 50% de participação cada, seus acionistas são duas grandes operadoras no setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso.

A Veracel é considerada como uma das melhores empresas para se trabalhar na Bahia, de acordo com o selo Great Place to Work (GPTW). Além dos mais de 100 mil hectares de área protegida ambientalmente, é guardiã da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro, a Estação Veracel, que recebeu o Certificado de Serviços Ecossistêmicos do Forest Stewardship Council® – FSC® C017612, emitido no Brasil pela certificadora Imaflora.

Além dos contratos de parceria com produtores locais, totalizando mais de 20 mil hectares, a Veracel possui 3.191 empregos diretos e cerca de 16 mil beneficiados pelas iniciativas de educação, saúde e geração de renda, desenvolvidas nos últimos anos.