Nova fase de investimentos da Lyptus atrai empresários capixabas e gaúchos da indústria moveleira para Posto da Mata

lyptusA Lyptus é uma marca de madeira nobre, totalmente extraída de florestas renováveis a partir de árvores plantadas e que existe desde 1999, no distrito de Posto da Mata, município de Nova Viçosa, sob o domínio empresarial da empresa Fibria Celulose S/A. A Lyptus é fabricada pela empresa Bahia Produtos de Madeira que passou a partir deste mês de novembro a ser administrada pelo empresário libanês Ricardo Audi.

Para inaugurar a nova fase de investimentos da Lyptus em Posto da Mata, a unidade recebeu na manhã desta quarta-feira (11/11), a presença do secretário de Estado do Planejamento e vice-governador da Bahia João Leão (PP), do prefeito de Nova Viçosa Márvio Mendes (PMDB), dos deputados estaduais Carlos Robson “Robinho” (PP) e Luiz Augusto (PP) e do deputado federal Ronaldo Carletto (PP).

O evento ainda contou com a presença do empresário Ricardo Audi e de inúmeras autoridades políticas regionais e grandes empresários do setor moveleiro dos estados do Espírito Santo e do Rio Grande do Sul. E ainda contou com a presença de representantes da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal e da Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul.

O deputado estadual Carlos Robson Rodrigues da Silva, o “Robinho” que já foi prefeito por duas gestões do município de Nova Viçosa e está sendo considerado o precursor da nova fase do projeto para Posto da Mata, disse que o objetivo é ampliar a unidade e motivar os seus empresários a investir mais na unidade para que a região seja de fato beneficiada com os seus produtos e com a geração de emprego e renda, e o sonho do polo moveleiro venha se concretizar no mais curto prazo de tempo.

O prefeito de Nova Viçosa Márvio Mendes declarou que está trabalhando tanto no aspecto político, quanto no fiscal para as novas iniciativas sobre a fábrica da Lyptus estimulem o mercado e a produção do setor moveleiro, para que a unidade tenha definitivamente o compromisso de fomentar o desenvolvimento econômico e social, gerando emprego e renda para o município de Nova Viçosa e região.

O deputado federal Ronaldo Carletto que é considerado o segundo maior gerador de emprego e renda na iniciativa privada com suas empresas no Estado da Bahia, aplaudiu os novos investimentos na Lyptus pelo novo direcionamento em favor do setor moveleiro e pela conquista de novas matrizes produtivas.

Segundo Ronaldo Carletto, o governo tem oferecido apoio logístico para que a Lyptus em sua nova fase possa se relacionar de forma diferenciada com as autarquias do governo e abra caminhos em favor da Bahia, do Brasil e do Mundo por meio dos seus produtos com selo de qualidade e, principalmente, que sua madeira chegue à casa do vizinho e também atravesse o oceano.

O gerente de operações da Lyptus, Nicholas Peter Rogers destaca que além de ser ecologicamente correta, a madeira Lyptus é desenvolvida com o cruzamento de árvores selecionadas, que lhe conferem mais versatilidade, durabilidade e beleza. E para cada árvore derrubada, uma outra é replantada, preservando as matas nativas e toda a sua biodiversidade. Informa ainda que a produção da Lyptus começa com a seleção de mudas da mais alta qualidade, que são tratadas e cuidadas até se tornarem árvores de grande porte.

O empresário Ricardo Audi, novo gestor da empresa Bahia Produtos de Madeira que fabrica a madeira Lyptus disse que acredita na região e que foi motivado a adquirir a empresa da Fibria por uma série de fatores, entre eles a facilidade da matéria-prima e objetivando instalar realmente uma nova fase na empresa com a ampliação da unidade e sem limites para o seu crescimento. E ainda disse que está contente com a recepção dos baianos e da classe política que tem se mostrado dispostos a incentivar o crescimento da unidade.

O secretário Estadual de Planejamento e vice-governador da Bahia, João Leão, declarou que o Governo do Estado abraçou a causa e tem apoiado os novos investimentos sobre a fábrica da Lyptus em Posto da Mata e que a finalidade do governo é aliar-se com a diretoria da empresa para casar investimentos e embora tenha dito do apoio incondicional do governo, mas reconhece que é preciso melhores condições de infraestrutura em favor das empresas e da população.

Oportunidade que o vice-governador João Leão aproveitou para informar que o Governo da Bahia libera ainda neste mês de novembro, por meio do DESENBAHIA, o valor de R$ 30 milhões para a Prefeitura de Nova Viçosa, para se promover investimentos em obras de pavimentação de ruas e avenidas em todo município, especialmente em Posto da Mata que é o segundo maior distrito do Brasil.

Para João Leão é importante neste momento investir na cidade e nos seus povoamentos, para que a Lyptus cresça junto e a cidade ganhe com este crescimento um importante polo moveleiro que tanto se busca neste momento. E disse: “Com somente o anuncio do aumento da capacidade operacional da Lyptus, foi o bastante para atrair empresários capixabas e gaúchos do ramo de fabricação de móveis para Posto da Mata, todos com interesse de aqui instalar suas indústrias moveleiras diante da abundância da matéria prima encontrada na região”.

(fonte: Teixeira News)