Ponsse entrega sua máquina de número 10.000

img10Hoje, 30 de janeiro, a empresa Ponsse entrega a máquina de número 10.000 para mais um cliente da Finlándia. O mapa das vendas, que começou a partir de um único alfinete, cresceu, e agora são mais de 40 países que representam a entrega das máquinas Ponsse pelo mundo.

A máquina de número 10.000 voltará as origens da empresa e será marcada no mapa na mesma cidade após 44 anos. A entrega ocorrerá em Karttula, na Finlândia.

Voltando no tempo, a primeira entrega de máquina florestal foi realizada por Einari Vidgrén para o empresário Eero Vainikainen, em 1971. Naquele momento, na parede da sala de café da pequena oficina mecânica que era a Ponsse havia um mapa da Finlândia. Um alfinete foi colocado no local onde a máquina foi entregue: cidade de Karttula, na própria Finlândia.

Naquela época, a industrialização estava apenas começando, os campos agrícolas sofriam com a crise, e centenas de milhares de pessoas haviam migrado para a Suécia para encontrar trabalho. Um momento difícil na economia finlandesa.

Mesmo assim, Einari ainda acreditava fortemente na máquina recém criada pela oficina mecânica Ponsse. “Isso vai ser o Mercedes das florestas” foi a frase que ele repetia na pequena cidade de Vieremä, um lugar distante dos centros industriais.

No início, a produção era pequena e o jovem empresário não conseguia qualquer financiamento para ajudar com o trabalho. No entanto, as máquinas construídas com trabalho duro funcionaram bem e estavam constantemente sendo aprimoradas.

Os anos se passaram e depois daquela venda o trabalho continua e a Ponsse atingiu o topo quando se fala em fabricantes de máquinas florestais por todo o mundo.

(Fonte: Painel Florestal)