Presidente da Alba garante apoio ao setor florestal na Bahia

O presidente da Indústria Brasileira de Árvores (IBA), Paulo Hartung, e o diretor-executivo da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF), Wilson Andrade, participaram de um encontro com o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Nelson Leal (PP), na tarde de 7/8, para discutir os rumos do setor de árvores plantadas em território baiano. A visita fez parte da agenda de Paulo Hartung em Salvador na ocasião do IV Congresso Brasileiro de Eucalipto (IV CBE) que aconteceu em 07 e 08 de agosto na sede da Fieb.

Os visitantes pediram apoio do legislativo estadual para tornar o segmento mais conhecido pela população e pelas lideranças municipais, além disso, destacaram as vantagens econômicas, sociais e ambientais de ampliá-lo. O gestor da casa legislativa garantiu apoio do parlamento no plano para apresentar ao povo o setor e suas possibilidades, ao observar os impactos positivos na geração de emprego e renda em regiões do território baiano. “O segmento de árvores plantadas é importante para a economia. A Bahia, inclusive, tem um potencial fantástico. Para se ter um exemplo, as árvores daqui crescem até oito vezes mais rápido que alguns países da Europa. Se tratando de Brasil, temos um país de dimensões continentais, e isso nos dá a oportunidade de ampliar ainda mais. E o melhor: toda essa madeira é certificada, serve para a confecção de diversos produtos. Pode ter a certeza de que vai contar com o apoio integral da Assembleia Legislativa da Bahia”, afirmou Leal, acompanhado dos parlamentares Alex Lima (PSB), Eduardo Salles (PP) e Marcelo Veiga (PSB).

Atualmente, o assunto é acompanhado de perto pela Casa por meio das comissões do Meio Ambiente e a da Agricultura, além de proporcionar debates com a sociedade civil a partir de reuniões organizadas pelas Frentes Parlamentares Ambientalista e da Indústria.

A ABAF – A ABAF representa as empresas de base florestal do estado, assim como os seus fornecedores. Essa pluralidade dá à associação a possibilidade de planejar e agir com respaldo nos mais variados âmbitos e em horizontes largos. Por isso, a ABAF fomenta a pesquisa, investe na coleta e tabulação de dados, a exemplo do anuário Bahia Florestal. A indústria de base florestal usa a madeira como matéria-prima, com destaque para a produção de celulose, celulose solúvel, papel, ferro liga, madeira tratada, carvão vegetal e lenha para o processamento de grãos. A madeira utilizada é plantada e é considerada uma matéria-prima renovável, reciclável e amigável ao meio ambiente, à biodiversidade e à vida humana. Atualmente tem como associados: Aepes, Aiba, Aspex, Assosil, Bracell, Caravelas Florestas, ERB, Ferbasa, Floryl, JSL, Komatsu, Papaiz, Ponsse, Proden, Sineflor, Suzano, Veracel e 2Tree.